dental-assistant

Nas outras postagens você aprendeu um pouco sobre a posição de auxiliar de consultório, tanto para ortodontia quanto para clínico geral. O que muita gente ainda tem dúvida, e acha que é um bicho de 7 cabeças, é como conseguir um emprego de auxiliar de consultório. Já ouvi muitas informações que não fazem o menor sentido, e resolvi compilar aqui para vocês algumas ideias a respeito de como arrumar emprego de auxiliar de consultório, ou dental assistant.

  • A segunda coisa que você precisa saber, é que os nomes variam de acordo com os estados o que pode ser muito confuso. Vamos dar alguns exemplos com referência obtidas pelo site da DANB:

Carolina do Norte e Virgínia: dental assistants são divididos em Dental Assistant 1 (DA I), Dental Assistant 2 in Training (DA II in Training) e Dental Assistant 2 (DA II).

Florida: existem 3 tipos, on the job trained dental assistant, dental assistant formally trained in expanded functions, dental assistant formally trained in restorative functions.

Carolina do Sul: Dental Assistant, Expanded Duty Dental Assistant (EDDA)

A lista continua, e você vai encontrar nomes como Qualified Dental Assistant (QDA), Licensed Dental Assistant (LDA), Registered Dental Assistant (RDA). A diferença entre as posições, geralmente são os tipos de procedimentos que você pode fazer. Quanto maior as suas qualificações, maior o número de procedimentos que você pode fazer. Em alguns estados, dental assistant pode ajudar na sedação com óxido nitroso ou aplicar selantes entre outros procedimentos.

  • O terceiro e importante ponto é que, para as posições básicas, diferente do que muita gente imagina, você não precisa de nenhum treinamento adicional. Podendo simplesmente aparecer no consultório e conseguir um emprego. Isso aí, não precisa de escola adicional nenhuma.
  • Quarto ponto, se você quiser aumentar as suas chances de conquistar um emprego, tem alguns certificados que você pode obter para demonstrar ao empregador que você está interessada no trabalho.

Certificados que aumentam suas chances

Radiologia – Permite que você faça a aquisição de radiografias, geralmente pode ser feito uma prova e não exige nem muito tempo, nem dinheiro.

CPRCardio Pulmonary Resuscitation, é obrigatório para se trabalhar no consultório e precisa ser renovado a cada 2 anos.

HIPAA e OSHA – são certificados simples, que geralmente tem duração de 1 ano e precisam ser renovados, não considero de grande importância, mas podem ajudar. Estão relacionados a privacidade do paciente e proteção de empregados no trabalho.

Coronal polishing – também ajuda bastante, entretanto, é mais caro e mais demorado para se conseguir. Para quem vai revalidar, não recomendo necessariamente buscar isso antes de começar a trabalhar.

Estes dois primeiros certificados (Radiologia e CPR) são os que vão te passar o maior diferencial , pois o futuro empregador não precisará investir dinheiro adicional na sua formação.

  • Por último, você deve estar se perguntando, mas afinal como eu consigo esse emprego?
    Vamos lá! Primeiro, tenha seu currículo pronto e bem organizado em inglês.
    Segundo, tenha uma cover letter dizendo porque você quer ser dental assistant e da sua experiência como dentista estrangeira.
    Terceiro, bata nas portas e mande e-mail. Você não pode aguardar as pessoas virem atrás de você, você precisa tomar a iniciativa.

Existe uma demanda muito grande por dental assistants nos Estados Unidos e não é fácil achar alguém preparada. Por não exigir uma formação específica, muita gente segue esse caminho por ser relativamente fácil, ter um horário de trabalho flexível, podendo passar mais tempo com os filhos, além de ter um salário razoavelmente bom pelo grau de instrução.

O trabalho de dental assistant, ou auxiliar de consultório, é um ótimo começo para quem acabou de botar os pés nos Estados Unidos. Mas lembre-se, não se acomode e não perca tempo, o que você realmente quer é a revalidação do diploma de odontologia. Utilize seu tempo como dental assistant para três coisas:
1) melhorar seu currículo
2) aprender sobre o sistema americano de odontologia
3) ganhar dinheiro.

Abraços!

Leonardo Koerich